Prefeitura de Itatiaiuçu reinstala barreiras sanitárias para conter avanço do coronavírus

0
131

As barreiras sanitárias na cidade de Itatiaiuçu estarão sendo reimplantadas nos próximos dias. Destinadas a conter os avanços do coronavírus naquela cidade, os limites serão colocados nas principais entradas do município e distritos, também nos acessos alternativos, onde serão realizados testes de medição de temperatura, distribuído material informativo sobre a Covid-19 e notificados casos suspeitos de pessoas contaminadas. Em Itatiaiuçu, os números apontam que existem 521 casos confirmados, sendo que 470 foram recuperados e houve a ocorrência de sete óbitos. 41 pessoas estão em isolamento e três hospitalizadas. O vice-prefeito, Romer Soares, contou ao Jornal S”PASSO que a Mineração Usiminas, bem com o outras empresas e comércios da cidade, já foram notificados acerca da instalação das barreiras que foram utilizadas no ano passado, mas que agora irão funcionar de forma mais intensa, durante todo o tempo. A proposta é que todos os veículos que entram na cidade sejam abordados e que a campanha educativa se realize de forma plena.

A secretária de Saúde de Itatiaiuçu, Edinelle Vieira, informou que estão sendo montadas as equipes para que as barreiras sejam iniciadas o mais rápido possível, a intenção era de que fosse ainda essa semana.

“Guerra das Vacinas” sobrou até para Itatiaiuçu

Acerca da vacinação, prevista para iniciar nesta quarta-feira (20), o vice-prefeito considerou que as 46 doses disponibilizadas inicialmente para a cidade são insuficientes até mesmo para os profissionais da saúde.  Ele contou à reportagem que havia um acordo entre a Prefeitura de Itatiaiuçu e o Instituto Butantã, que se comprometeu a fornecer 40 mil doses da vacina, que seriam custeadas pelo município. No entanto, veio a disputa política do presidente da República Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo João Dória – com participação do governador de Minas Romeu Zema – em torno da produção e paternidade das vacinas e os acordos com as prefeituras foram cancelados. Soares gravou um vídeo em que se mostra indignado com o presidente e os dois governadores, personagens de uma briga “que muito prejudica os cidadãos” e que impediu que Itatiaiuçu tivesse 100% de imunização já neste primeiro momento. “Eu e o prefeito Adélcio estamos muito empenhados em resolver isso, não podemos ficar no meio dessa guerra política”, reclamou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui