Casos de Covid obrigam desinfecção no prédio da Câmara Municipal

0
160

A Câmara de Itaúna passou por um processo de desinfecção na quinta-feira (28), depois que vereadores testaram positivo e servidores foram colocados sob suspeição para a Covi-19. O trabalho de limpeza de todos os ambientes do legislativo foi realizado por funcionários da Casa e contratados de uma empresa terceirizada. Além da desinfecção, o presidente Alexandre Campos (DEM) determinou a suspensão de atendimentos externos, por meio de Portaria, até o dia 7 de fevereiro. Desde a última terça-feira (26) que as reuniões do legislativo estão acontecendo de forma virtual por videoconferência. Atividades na Câmara Municipal somente as de extrema necessidade. Campos espera que com essas medidas a situação de gravidade envolvendo o legislativo municipal seja minimizada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui